Avenida T-3, 2115 - Setor Bueno – Goiânia – GO

Traço Design de NegóciosBranding Descubra a importância da estratégia de branding

Descubra a importância da estratégia de branding

O mercado é disputado e o cliente exigente? Se você entende sobre a importância de uma boa estratégia de branding, isso não será problema e sim diferencial competitivo. Quanto mais forte for a cultura da sua empresa e o posicionamento do seu negócio, melhor será a sua visibilidade para as pessoas certas. Por isso, as grandes marcas se dedicam a aumentar o reconhecimento.

Neste artigo, falaremos para você como desenvolver uma boa gestão de marca é fundamental não só na perspectiva institucional, mas também para impulsionar as vendas. Descubra o conceito dessa estratégia, por que ela é tão importante e confira dicas para a sua empresa conseguir chamar a atenção do público certo. Boa leitura!

O que é branding?

Branding é uma gestão da marca. Isso significa observar muitas etapas e áreas da comunicação. Algumas ações que incluem a estratégia são:

  • naming — desenvolvimento do nome de acordo com o posicionamento da marca, características do produto e repertório do público;
  • identidade visual — com uma logo que traduza as qualidades da empresa e layouts que remetem à marca;
  • slogan — definindo, em poucas palavras, qual é o objetivo do negócio.

Entretanto, o branding vai além, ele conta com ações que ajudarão no reconhecimento da marca. O objetivo é fazer com que a empresa seja lembrada pela sua audiência e também que seja desejada. Talvez você não precise de computadores de alta performance no trabalho, mas provavelmente ao falar de um Mac, da Apple, naturalmente você se lembra do símbolo da maçã e isso remete à qualidade dos produtos.

Quais são as vantagens dessa ação?

Você sabia que estudos apontam que 91% dos consumidores preferem comprar de uma marca autêntica e 88% dos investidores esperam que as empresas nas quais eles aplicam tenham uma marca forte? Isso já mostra que uma estratégia de branding pode otimizar os resultados da sua empresa. Confira os principais benefícios de apostar na gestão da marca:

  • agrega valor para a empresa (não só no retorno financeiro, mas pelos atributos percebidos pelo público);
  • aumenta a visibilidade da empresa;
  • promove maior reconhecimento da marca;
  • mostra que a empresa se importa com o público;
  • melhora a autoridade e a confiança;
  • otimiza a satisfação do cliente e a lealdade com a marca;
  • cria fãs e defensores do negócio.

Quais pontos devem ser considerados para essa técnica?

O legal de pensar no branding da sua empresa é que você precisa rever toda a estratégia do negócio. Às vezes, o nome não alcança o público e é preciso rever o naming. Em outros casos, é importante entender se o posicionamento e humor da marca realmente alcançam o coração dos prospects e clientes. Por isso, apresentamos algumas questões fundamentais quando o assunto é branding.

Propósito de marca

Talvez você já tenha assistido ao TedX de Simon Sinek, que explica sobre a teoria do grande porquê. Ele mostra como a maioria das empresas fala sobre os seus produtos, algumas conseguem focar no modo como fazem e apenas um pequeno (e importante) grupo consegue explicar por que fazem. Isso é o propósito de uma marca.

Uma empresa de sucos, por exemplo, pode ter vários sabores, uma boa qualidade, um preço competitivo, porém, essas são características do produto. Seguindo esse pensamento, talvez a visão chegue na forma como é feito o produto. Ou seja, produzido com frutas frescas, sem açúcares ou conservantes e prensado a frio. Contudo, o propósito (fazer algo verdadeiro: um suco pelado, vivo, do jeito que o ingrediente é, promover saúde etc) é o que levará a resultados de sucesso. 

Atributos

Assim como o propósito, os atributos da marca estão relacionados aos valores que ajudam a identificá-la. Por exemplo, enquanto a Netflix faz sucesso por um atendimento presente e participativo, com um humor irreverente, a Nike é destaque no mercado de artigos esportivos pelo seu discurso de superação. Além disso, é possível que uma marca tenha atributos tangíveis (sabor, textura, cor) e também intangíveis (qualidades que montam a personalidade da empresa).

Posicionamento da empresa

Nesse ponto, o objetivo é perceber como o seu cliente percebe a marca e como ela está em relação aos concorrentes (ou seja, como ela se posiciona no mercado). Algumas pessoas confundem o branding com o posicionamento de marca, mas essa é uma estratégia de gestão.

Quando uma marca como a Red Bull é associada aos esportes radicais, isso não acontece por acaso. O trabalho do posicionamento é justamente montar campanhas e estratégias para que a empresa reforce os valores que ela defende.

Cultura empresarial

Outro ponto fundamental para que a sua gestão aconteça de forma coerente é fazer com que o seu público interno também absorva e acredite nos direcionamentos apontados. A Starbucks, por exemplo, investe em treinamentos e um esquema de liderança que fortalece a cultura organizacional. Dessa forma, a empresa respira sua cultura em todos os pontos de contato com o cliente, seja no ponto de vendas ou em um canal de atendimento.

Quais ações fortalecem a estratégia de branding?

Como você deve ter notado, são várias características que fazem a marca se destacar. Veja algumas dicas para melhorar a sua gestão.

Crie um manual de marca

A identidade visual e layouts usados pela empresa são fundamentais para que ela seja identificada pelo público e lembrada. Além disso, o cliente está ficando mais exigente e 45% dos consumidores esperam um ótimo design das empresas que compram. O manual de marca garante a aplicação da logomarca, além de esquemas de cores e fontes adequadas para divulgar a empresa.

Defina tom e voz da empresa

Normalmente existe uma grande equipe de profissionais que representam a marca. Da agência que contribui com uma visão estratégica e ações de marketing ao atendimento e vendas. Para que tudo fique em sintonia, é importante estabelecer quais são as características que a empresa expressa, como:

  • linguagem mais direta, descontraída, leve ou técnica;
  • personalidade com mais humor ou seriedade;
  • se posiciona como amigo da persona (público-alvo) ou como uma autoridade no assunto.

Saiba quem é a sua persona

É essencial que você descubra quem é a persona do negócio. Ou seja, quais são as características da sua audiência. As dores, desejos e objeções de compra. Dados demográficos como sexo e faixa etária entram, mas detalhes são fundamentais. Dessa forma, você sabe se as ações terão sucesso ou não.

Ofereça conteúdos relevantes

Materiais como blog posts, infográficos, e-books, podcasts e lives são alguns exemplos de interação entre a marca e a audiência. Esse tipo de conteúdo não só é fundamental para atrair o público certo, ele reforça a autoridade da sua empresa e mostra que a ideia é ajudar o público e não apenas fechar uma venda.

Viu como a estratégia de branding é valiosa para fortalecer a marca no mercado e o relacionamento com os clientes? Apesar de o logotipo e a identidade visual serem aspectos dessa gestão, as ações são mais abrangentes. Se você acha que as ferramentas estão ligadas apenas aos resultados institucionais, segundo a Forbes, um dos principais motivos para usar estratégias de branding é aumentar os lucros.

Se você gostou do texto, nos ajude a mostrar a importância da estratégia de branding para mais pessoas, compartilhe este artigo nas suas redes sociais!

Sem comentários

Deixe uma resposta